Um Leão entre os Tigres

O Marina Bay Sands, complexo com hotel e shopping center e o Leão símbolo de Cingapura. / The Marina Bay Sands, hotel and shopping center complex, and the Lion, Singapore's symbol.
O Marina Bay Sands, complexo com hotel e shopping center e o Leão símbolo de Cingapura.

O primeiro destino da minha aventura de trinta dias pela Ásia, foi um, dos dois países, integrantes do grupo dos quatro tigres asiáticos, onde estive recentemente. Cingapura é um país que foi fundado em 1819 e que se desenvolveu muito desde então. Independente desde 1863 da soberania britânica e logo depois, em 1865 da hoje vizinha Malásia, é um dos maiores eixos comerciais e quarto maior centro financeiro do mundo, e está entre os cinco portos mais movimentados, também nesta mesma categoria. Este país também possui quatro línguas oficiais, entre elas o inglês, ainda bem, pois foi um dos poucos destinos desta minha viagem onde foi fácil me comunicar.

Uma das simpáticas pessoas que pediu foto comigo lá em Cingapura. / One of the great spirit persons who asked for a photo with me in Singapore.
Uma das simpáticas pessoas que pediu foto comigo lá em Cingapura.

O símbolo da cidade é o Leão, praticamente uma tradução fiel á palavra Cingapura, que é um país pequeno, comparado à tantos outros no mundo, curiosamente, formado por 63 ilhas, e em expansão. Outras tantas porções territoriais deverão fazer parte desse país nas próximas décadas. Há mais de sete mil empresas multinacionais instaladas em Cingapura. Empresas estas com matriz nos EUA, Europa e Japão. Outras quase duas mil, com matriz na China e Índia. Um dos fatores principais por esse número impressionante, se deve ao fato de o país figurar entre os países menos corruptos do mundo, ao lado na Nova Zelândia e dos países Escandinavos, longe, bem longe do Brasil nesta lista. É em Cingapura também, que há a maior porcentagem de milionários do mundo. E o contraste social também não é tão notável assim, uma vez que, entre alguns dos programas governamentais está um que inclui, disponibilizar entre 400 e 1000 dólares cingapurianos mensais à sem tetos, além de atendimento médico grátis em hospitais públicos, dinheiro para pagamento de mensalidades escolares para as crianças, aluguel de um apartamento estúdio, e ainda, garantia de treinamento para cursos profissionalizantes. Pois bem, como você já percebeu, esse país oferece todo o suporte que o seu povo precisa para viver dignamente e, principalmente, se desenvolver. Ah! e a arquitetura desse país? Cada construção parece um componente inigualável nessa grande obra de arte. Por todo lado se observa que eles não brincam quando nos presenteiam com prédios magníficos. O passeio pela baía de Cingapura é um deleite aos olhos de todo apaixonado por design e arquitetura. Só ali tirei mais de 200 fotos, são muitos os detalhes e projetos fascinantes à se observar. Sejam do mais tradicional estilo do período colonial pré Segunda Guerra Mundial, até obras muito mais contrastantes do período pós guerra e pós colonial. Sem contar os templos budistas, para adoração dos fiéis, encontrados por toda parte. Envolto nesse mar de estilos neoclássicos europeu, gótico, palladianismo e do renascimento, se destaca o Marina Bay Sands, aquele com a cobertura em formato de navio transatlântico. Desenvolvido pela Las Vegas Sands (LVS), figura como o segundo prédio mais caro do mundo, inicialmente orçado em 5,5 bilhões de dólares americanos para sua construção, o complexo de 560.000 metros quadrados, escalou em custos de materiais e falta de mão de obra, atingindo a “bagatela” de 8 bilhões da mesma moeda para ser finalizado. Com uma arquitetura espetacular, segurança nas ruas e um povo singular, por vezes até me paravam na rua pedindo uma foto comigo, até hoje não sei exatamente o motivo, visitar Cingapura e poder contar para vocês hoje, foi o início perfeito para minha viagem. Para ter uma idéia melhor deste país incrível através dos meus olhos, acesse meu Facebook e vá ao album Cingapura. Obrigado pela leitura! Até o próximo mês.

 

IMG_5197_2
Incrível vista noturna da baía de Singapura do edifício One Raffles Place.