A Cidade dos Templos

No Angkor Wat, o maior templo em arquitetura Khmer do Camboja, na cidade de Siem Reap. / At the Agkor Wat, the largest temple in Khmer architecture in Cambodia, city of Siem Reap.
No Angkor Wat, o maior templo em arquitetura Khmer do Camboja, na cidade de Siem Reap.

Na minha passagem pelo Camboja, quinto destino da minha aventura de trinta dias pela Ásia, me deparei não apenas com um país “novo” recém aberto ao turismo, mas com valores de amizade e carinho entre a população, misturados com a fantástica arquitetura dos templos do século XII, que nunca vi antes, em nenhum outro lugar. O país do Camboja, foi aberto ao mundo há aproximadamente 20 anos atrás. Com um potencial turístico sem igual, o Camboja vem crescendo em ritmo acelerado e vê-se obras de ampliação por toda parte. Novas rodovias de ligamento, grandes postos de combustível e empresas se instalando em diversos pontos do país. Um exemplo dessa rápida expansão é notável quando se constata, por exemplo, o número de hotéis, que cresceu de 14 para 300, vários deles cinco estrelas, nestes últimos 20 anos. A viagem que fiz da cidade de Ho Chi Minh (antes conhecida como Saigon) no Vietnã, foi de 470 quilômetros até Siem Reap, no Camboja, e levou mais de 13 horas de ônibus. Foi uma viagem dura e cansativa por grandes trechos de estradas de chão esburacas e empoeiradas, mas uma forma barata de chegar lá, já que são poucas empresas que voam entre estas cidades, fazendo a falta de competitividade, causar que as passagens aéreas custem em torno de 200 dólares por uma duração de menos de 1 hora. Foi também, uma grande oportunidade de visualizar muito do que está mudando e acontecendo de um país até no outro. Siem Reap, no Camboja, cujo nome traduz-se, literalmente como “Derrota da Tailândia”, refere-se aos conflitos de centenas de anos atrás entre os países, é uma cidade que atrai milhares de turistas devido aos templos em arquitetura Angkor, na cidade antiga.

Onde tive o melhor dessa aventura, tudo surpreendeu! / Where I had the best out of this adventure, it all surprised me!
Onde tive o melhor dessa aventura, tudo surpreendeu!

São inúmeros, e um mais interessante do que o outro, pois possuem peculiaridades. Estes templos remetem ao século XII, são construídos em grande escala, verdadeiros palácios de pedra em meio à belas paisagens naturais, as quais, fazem por vezes, você se sentir e imaginar como os reis e o povo daquele tempo viviam por lá. Uma verdadeira viagem no tempo, dentro de um mundo que, para muitos de nós, infelizmente, é tão distante. Foi uma experiência incrível, a qual levo comigo para o resto da vida. O Camboja é, com certeza, um país para o qual gostaria de voltar, de novo e mais uma vez! Para visualizar o Camboja através dos meus olhos, acesse o meu álbum sobre o país, no meu Facebook e encontre centenas de fotos que te farão ter, no mínimo, uma pequena idéia do que estou tentando descrever aqui para vocês. Até o mês que vem!

Ta Prohm, onde a natureza parece demonstrar sua força, retomando seu lugar de direito. / Ta Prohm, where nature seems to show its strength, taking over its right place.
Ta Prohm, onde a natureza parece demonstrar sua força, retomando seu lugar de direito.